13 outubro 2013

Plantadora de minhocas imaginárias

Sapatão é mesmo uma raça lazarenta.
Ex-namorada então? E olha que eu me incluo nessa raça, também sou ex.

Ex-namorada, stalker, com propensão a fazer criação de minhocas imaginárias, então é fogo.
"Quando a gente gosta é claro que a gente cuida" e cuida tão bem que vai vasculhar o twitter alheio em busca de qualquer coisa pra poder se defender e dizer: Olha como ela é uma vaca.

Não que ela seja. Mas às vezes é mais fácil colocar a culpa no outro.
É sempre mais fácil colocar a culpa no outro.
Foi ela quem me decepcionou.
Ela quem errou. Ela quem disse isso. Ela quem tuitou aquilo.

E aí em vez de perguntar o que a fulana queria dizer com tudo aquilo, foi mais fácil inventar uma história absurda na cabeça oca.
Tudo bem.

O que eu realmente fico pensando é onde essa história toda vai parar.
Meu coração tá perdidinho da silva.

Já passei por tanta coisa, mas tanta coisa, que toda vez que vejo que to me magoando, ou magoando alguém, eu tenho vontade de fugir e adotar outra identidade.

Em meio a tudo isso, existe uma ausência, uma saudade, um desejo de completar esse vazio.

Estou cada dia mais certa que eu quero casar. De que, finalmente, tá na hora.
Só falta achar alguém que me faça acreditar que pode dar certo.

Mas isso é outra história


ps: o engraçado é que eu poderia estar falando dela, mas na real, estou falando de mim, ando com minhocas na cabeça

3 já falaram

Anônimo disse...

Diante das coisas que postou, tenho certeza que a sua ex e uma das suas melhores amigas esta mais decepcionada com você do que você com ela.
Desculpa pelo comentário, mas acho ridículo uma pessoa colocar tanto detalhes de sua vida particular em uma lugar publico. Existe a frase “minha vida é um livro aberto”, mas será que esse livro é tudo isso que diz ai? Quem muito julga, muito erra (digo, essa decepção que esta nas publicações). Muitas vezes nos decepcionamos com o que criamos, esperamos muito da pessoa, mas nem sempre é essa que dará tudo aquilo que imaginamos ter. Talvez a aceitação e a realidade sejam ações melhores de se ter, do que publicar algo tão particular que é dormir com alguém. Orgulho? Poder? Ou talvez seja “perdi alguém e preciso mostrar que a minha vida continua”, mas através de tanta exposição mostra que o sentimento carência e perda esta gritando dentro de você.
Independente da idade que tem maturidade nunca é demais.
Eu ficaria decepcionada se você fosse minha ex, porque se passei meses, anos ao lado de uma pessoa, para terminar e ler seu “diário” dizendo sobre sexo com outra pessoa é de doer e se decepcionar não só com você, mas também comigo por ter confiado a minha vida, minha historia com alguém que não respeita certos sentimentos.
Amor não é igual uma dor física qualquer, que da e passa. Amor é algo que da e não sai, que fica por meses, anos e às vezes pra sempre doendo e lembrando das possibilidade de fazer diferente, mas aos poucos você guarda aquilo que foi tão bom a 7 chaves, onde ninguém, nem mesmo você pode pegar e jogar fora. Pode ate afirmar, “não amo mais”, mas têm dois sentimentos que se transformam amor e o ódio, muitas vezes amor vira ódio e o ódio vira amor, mas há possibilidade do amor virar carinho, amizade e cuidado. Algo que não vi nas suas coisas
Amor é lindo quando se inicia e doloroso quando se termina. Porque muitas vezes damos o basta, mas o amor não. Ele fica, a saudade permanece e as lembranças nos assombra.

Anônimo disse...

Acho que tu não está preparada para casar. Primeiro tem que tirar as minhocas da cabeça, se resolver e ver qual é a sua de verdade. Qdo está com alguém tem que haver comprometimento, lealdade, transparência, tendo isso, o resto se resolve, sem nóias.
Pelos relatos, parece que vc não acredita que algo pode dar certo...talvez o problema esteja aí!

sorte pra vc!
Cilene

Minha Vida Conturbada disse...

O que eu tenho pra te dizer hoje talvez não seja exatamente um conforto, mas uma análise. Não só sapatão é assim, como mulheres heteros e homens tb, ah gays tb...rs Todos nós somos assim...não se sinta só nessa.
Quanto ao resto, tenta ficar um pouco sozinha, sem procurar saber da vida dela pra se reencontrar em você mesma e assim vai ser mais fácil de conhecer alguém pra dividir a vida com você. Boa sorte! Beijos!

Real Time Analytics