28 outubro 2013

Balança

De vez em quando ela aparece.
Liga de madrugada. Sempre manda uma mensagem antes de ligar.

De vez em quando ela desaparece, sem antes dizer um "até breve".
De vez em sempre ela me confunde. Peso o peso.
Passou.

De vez em quando eu me pergunto. De vez em quando ela responde.
É Balança mesmo. Vai, volta, às vezes gira no ar.

De vez em quando eu me esqueço. Eu só esqueço, eu queria apagar.

De vez em quando, balança.

Comente primeiro

Real Time Analytics