24 setembro 2013

Desabafando

Antes que eu surte, vou escrever. É uma raiva, não por ela ter ficado com uma, duas pessoas, mas por ela não ter me contado isso antes. Porque no fim, eu já imaginava que isso iria acabar acontecendo. Minha chateação não é ter ficado ou deixado de ficar. É com a evolução pessoal dela. Afinal, eu não fico metendo o pau em alguém e depois vou lá e fico. É essa "evolução" que eu esperava, de não cometer os mesmos "erros". Só por isso. Porque até então, eu estou solteira e ela também. Ninguém deve nada para ninguém. Eu tenho o direito de ficar chateada, decepcionada. É um sentimento. É algo que eu não esperava. Só que ela tem o péssimo hábito de tentar encontrar erros meus para colocar na balança. Acho isso infantil. Viajei. Fiquei com outra pessoa, sim. Curti pra caramba. Faria de novo. Mas sei que por mais que eu ache a menina dos cabelos vermelhos extremamente interessante, não rola nada mais do que uma amizade. Somos, eu e ela, duas pessoas fragilizadas. Ela até mais do que eu. E tem a distância também. Uma série de empecilhos. O que não quer dizer que o que aconteceu foi ruim. Eu lembro de um episódio de How I met Your Mother, onde o Ted não queria conhece a moça que fez o bolo de uma festa, porque o que tinha rolado tinha sido especial e que se, talvez, houvesse uma continuação daquela história, talvez não fosse mais tão especial assim. Acho que talvez eu esteja na mesma situação. Outra coisa que me irrita: ofender os outros. Mas o que mais está me irritando é a insistência em não me deixar quietinha no meu canto. Tanto que pra ter um pouco de paz eu dei block em todos os lugares possíveis. Cansei. Vou viver minha vida. Demorei tanto pra sair, pra ficar com outra pessoa, que só fui fazer isso estando longe, que era por medo de machucar. Não estou pintando um monstro. Longe de mim. Só não quero mais. Foi tudo muito bom, muito intenso. Não desejo o mal de ninguém, muito pelo contrário. Só cansei de cometer os mesmos erros.

2 já falaram

Anônimo disse...

Olha, traição é um saco. Se vc está com uma pessoa, seja leal com ela, de como será o relacionamento e o que espera dele. Os direitos e deveres tem que ser iguais, ninguém tem que tirar vantagem da outra.
Transparencia e lealdade são prioridades.

abs
Leandra

P. disse...

Bom, acompanho você já algum tempo quando o dupa era um pouco mais atualizado e não pude deixar de não ler estas tuas últimas postagens...
Não sei se seria intromissão da minha parte manifestar uma opinião de fatos dos quais desconheço grande parte mas enfim, vamos lá:
Compactando esse seu texto você tá com sentimento de desistência de muita coisa. Desencoraja, entendo. Mas o que seria de nós se não errarmos e não consertamos para seguir em frente. A culpa pode estar nos seus amigos, na sua ex, mas tens ciência que tá "aprendendo".
Não adianta fugir do seu passado, ele vai continuar presente nem que seja nas lembranças. Uma ventania de amor próprio que na realidade eu vejo mais como egocentrismo não vai fazer você ter controle de tudo. Não estarás 100% em paz se não "dar-se" uma chance. De perdoar quem te machucou, por mais uma vez que seja. Seja seus amigos, sua ex...
Levando em consideração o "Desabafando", será que você a permitiu falar? Será que não projetaste demais uma atitude onde ela não superou sua expectativa e a pune por isso? Não somos iguais P, e seria imensamente chato se fóssemos.
Será que não deste pouquíssimo tempo para que ela pudesse mudar? Ninguém muda em 24h, uma semana. Sou um belo exemplo disso. Mas o ponto é: você tem todo o direito e sentir o que quiser, mas ela também tem o direito de sentir também.
Gostei da sua sinceridade: Fui lá, fiquei, gostei e tenho consciência que só foi isso e nada mais.
Oportunize-se pri, taurinos não são um bicho de sete cabeças, somos difíceis de mudar, mas não seja tão radical (não precisas seguir o que digo, mas te falo por experiência que essas atitudes não levam a nada), é claro e notório que ainda sentes algo por ela mas para um ariano assumir isso, só na próxima vinda do cometa Haley.
Não pense também que estou fazendo torcida para ela, mas pelo conjunto da obra, ela ainda pode surpreender, e muito você.

Real Time Analytics