12 março 2013

Karma

o título desse post também poderia ser: De como as coisas acontecem, e como o destino é foda. A atual namorada é caso antigo, e antiga também vai ficando a nossa história posto que sou ariana, e arianos não gostam de rotina, sempre querem algo novo. Record de duração, visto que são quase 10 meses juntas. Entre tantas indas e vindas, entre tantas brigas antes de finalmente resolvermos tomar vergonha na cara e nos curtirmos sem expectativas, antes disso tudo, antes de calarmos a boca de diversos "amigos" que disseram que não iria dar certo, tivemos sim nossas diferenças. Até porque eu tenho o dom de gostar de gente complicada. Mais que isso? Tenho o dom de ser ainda mais complicada que todas elas juntas. Mas é uma complicação simples e óbvia, pelo menos da minha parte. Pra que dizer tudo isso? Simples, faz tempo que não registro o quanto a atual namorada é incrível. Faz tempo que não agradeço pela maneira fofa e inocente como ela cuida de mim. Faz tempo que não demonstro o quanto ela tem importância pra mim. Já disse inúmeras vezes: nada é pra sempre. Eu não sou pra sempre, a vida não é pra sempre... Mas só quero que tudo isso dure enquanto for bom: pra mim, pra ela, pra nós.
Real Time Analytics