16 abril 2011

Comentando o Trailler de "Não gosto dos meninos"

Acabei de assistir ao Trailler de um curta que vai estrear agora em maio.



Eu gostaria de fazer alguns comentários não sobre o aspecto do filme que vem por aí, mas tomando como base todos os comentários feitos na página do YouTube.

Gosto de gente engajada que luta e se associa para defender um ideal. Eu não costumo fazer muita coisa, não me julguem. Eu acho que você não merece respeito porque você é lésbica, gay, travesti ou coisa do tipo. Não concordo com esse tipo de pensamento. Antes de mais nada, todos merecemos respeito por sermos seres-humanos, semelhantes uns aos outros.

Acho babaca da parte de alguns gays e lésbicas que dizem que quem não curte é homofóbico ou é enrustido. Isso é heterofobia e é tão nojento quanto homofobia.

Sei que sofremos discriminação por essas e outras coisas. Assim como negros, asiáticos e outras minorias diferentes. O lance é que sempre que há algo "diferente" isso choca. Traz violência, assim como racismo também já fez muitas vítimas.

Só não acho que por conta disso, ou de qualquer outra opinião, a gente deva sair por aí enfiando guela abaixo algo.
Não sou melhor porque sou lésbica, bi ou hetero.
Respeito é diferente de aceitação.

Existem leis que poderão vir a ser implementadas como forma de diminuir a violência e o preconceito por conta da orientação sexual diferente. Mas existem brechas que podem ser, sim, interpretadas como abuso.

Acho que vivemos num país que passou e de certa ainda passa por censura. Ter direito a expressar a opinião deve ser algo que possa ser estendido a todos.

Enfim... é isso...
Isso é só uma parcela do que eu penso e que senti vontade de compartilhar aqui.

Alguém já falou

Anônimo disse...

Verdade, as pessoas não são melhores por ser x ou y. E todos merecem o devido respeito. A vida de uma pessoa não se resume por sua orientação sexual.

Ma

Real Time Analytics