19 novembro 2009

Querido Diário: Dois

Dois meses, 60 dias, aproximadamente 8 semanas, mais de 1460 horas ou 87.600 minutos de felicidade e mais uma vida inteira pela frente: é assim que resumo meu namoro.

Sorriso estampado no rosto, coração muito bem aconchegado, colo, carinhos e carícias. “Bom-dia” todos os dias, “Bons sonhos” a cada cochilo; ansiedade a cada viagem e tesão em qualquer lugar. Reclamações? Algumas, afinal quem aqui não tem problemas?

Planos? Vários. Estou sonhando, mas com os pés no chão. Um passo de cada vez e sempre com o desejo de trilhar o mesmo caminho de uma forma única: juntas.

Nosso namoro surgiu de um princípio básico: Respeito. Mesmo antes de ficarmos juntas, mesmo antes de achar que poderia tê-la como namorada, respeito com ela e com os outros. Respeito comigo.

O tempo foi passando e o carinho e atenção ganhando espaço. Parece que o destino foi acertando o caminho, fazendo tudo acontecer do jeito certo. E foi assim que dois meses atrás eu comecei a namorar. E é por isso que hoje posso me considerar uma mulher de sorte (tudo bem que não foi só sorte, afinal tenho lá minhas competências, né?) por ter ao meu lado alguém que me faz extremamente bem. Alguém por quem eu quero ser ainda melhor.

Parabéns, meu amor. E obrigada por aturar minhas piadas sem graça, minhas conversas em horas erradas, meus momentos de silêncio. Obrigada por compartilhar comigo a tua vida e principalmente: por ser parte da minha história, do meu dia-a-dia, da minha vida. Eu já sabia que ia dar certo, só não sabia é que daria tão certo.


Dois - Tiê

Como dois estranhos,
cada um na sua estrada,
nos deparamos, numa esquina, num lugar comum.
E aí?
Quais são seus planos?
Eu até que tenho vários.
Se me acompanhar, no caminho eu possso te contar.
E mesmo assim, eu queria te perguntar,
se você tem ai contigo alguma coisa pra me dar,
se tem espaço de sobra no seu coração.
Quer levar minha bagagem ou não?

E pelo visto, vou te inserir na minha paisagem
e você vai me ensinar as suas verdades
e se pensar, a gente já queria tudo isso desde o inicio.
De dia, vou me mostrar de longe.
De noite, você verá de perto.
O certo e o incerto, a gente vai saber.
E mesmo assim,
Queria te contar que eu tenho aqui comigo
alguma coisa pra te dar.
Tem espaço de sobra no meu coração.
Eu vou levar sua bagagem e o que mais estiver à mão.

3 já falaram

JeL - Vida de Iguais disse...

Coisa linda!
Dois meses de namoro, ô coisa boa...lua-de-mel!
Que permaneça sempre assim mesmo quando tudo se aconchegar mais.

Pri, olha só, nós moramos em Belém-Pa. O financiamento do nosso AP foi feito pela Caixa Econômica, que tinha convênio com a construtora responsável. Assim, passamos um período nos privando de tudo, com o objetivo de juntar a maior quantidade de dinheiro que conseguíssemos.

Demos 22 mil de entrada e financiamos o resto. Foi uma luta pra conseguir isso, pq nenhuma de nós é rica. Traçamos uma meta e vivemos em função dela durante alguns meses, na verdade continuamos vivendo, pois hoje juntamos dinheiro pra pagar nossa reforma :)

Mas, te digo, sem hesitar: VALE A PENA! Vale mesmo!
Vai fundo que vc não se arrependerá com certeza!

Qualquer coisa, pode perguntar!

Beijoss

Cá disse...

E eu sempre te quis ver bem assim...
seguindo
vivendo
respirando
sorrindo
E seus sorrisos sempre foram bonitos...
desde que vc era uma criança cuti cuti
E eu espero muito que ela te faça feliz...
cuide
grite
brinque
ligue
ame

Beijo Bem, te cuida =*

Conto de Meninas disse...

oie!!
Adorei o blog, seu diario lindo!
Primeira vez que passo por aqui, e adoraria vê-la no meu!
Beijos
Lara

Real Time Analytics