03 fevereiro 2009

Eu me apaixonei pela pessoa errada

Sabe quando você quer desencanar logo de um amor? No meio do ano passado eu tava assim, querendo me curtir, esquecer o que eu tinha passado, na dúvida entre ficar um tempo só ou ficar com metade do mundo. Acabei optando pela primeira opção. Estava saindo até que bastante, gosto de frequentar um bar numa cidade vizinha. Numa dessas esbarrei na festa junina com a nossa amiga engenheira.

A festa não estava muito cheia e ela estava na rodinha de amigas, perto da fogueira. Não sei quanto tempo passou, só sei que fiquei um bom tempo observando até tomar coragem (entenda: quentão) suficiente para ir até lá e falar pelo menos um oi, afinal um "não" eu já tinha mesmo.

Eu fui, e puxei papo não só com elas, mas com as amigas também. Eu tenho mania de acertar a primeira impressão que tenho das pessoas, isto é, dificilmente me engano, gosto de gurias certinhas e elas me atraem, bato o olho e já sei, já defino mais ou menos um padrão. O ruim é que meus olhos sempre se prendem nas que mais pra frente eu vou descobrir que são complicadas demais.

Papo vai, papo vem, não rola nada. Mas foi a melhor conversa que eu tinha tido nos últimos tempos. Ela não demonstrou interesse nenhum. Aliás interesse em mim é a última coisa que ela vai demonstrar. Tempos depois a gente se encontra no mesmo bar, se da primeira vez ela estava ficando com outra guria que não estava presente, nesta ela estava solteira por completo.

Eu sou chata. Quando quero algo vou e faço acontecer. O problema é que nossa amiga engenheira não sabe dizer não. Aliás ela tem um sério problema em dizer o que sente. Se ficamos? Sim. Eu porque já queria isso faz tempo, ela porque não conseguiu me dispensar.

Nessa época, acabei voltando com minha ex. Pra falar a verdade a pessoa que durante muito tempo considerei como o amor da minha vida, a pessoa com quem pensei em me casar, enfim, foi mais uma tentativa de fazer dar certo um amor que tá mais pra Romeu e Julieta que para qualquer outra coisa. Mas como só gostar não é suficiente pra manter um relacionamento, acabou que pouco mais de um mês esse relacionamento teve novamente um fim.

A engenheira estava comigo sempre no msn. Marcamos de sair num sábado. Eu já achava que não tinha chances, ela sabia que não tinha nem uma semana que eu tinha terminado. Eu não esperava ficar novamente, mas para minha surpresa ficamos...

O problema foi que eu sonhei. Sonhei cedo demais.
Mais uma vez não deu certo.
Ela é uma pessoa espetacular. Mas sabe-se lá o porque, está fechada para balanço...

Enquanto isso eu fico aqui, tentando decidir o que faço com essa pequena paixão que brotou, cresceu e grudou de uma tal forma que não consigo me livrar desse sentimento.

E eu sei que não vai dar em nada. Eu sei disso. Minha razão me diz isso todos os dias, mas não sei porque diachos, meu coração insiste em dizer que poderia dar certo. Nessas de escutar meu coração eu acabo fazendo papel de trouxa, o que definitivamente não é legal.



______________________________
P.S: Estou arrumando o estúdio para voltar a gravar os podcasts!

Alguém já falou

•Tia Nih• disse...

agente sempre tem a esperança q com a pessoa vai dar certo e acabamos deixando crescer o sentimento, tbm me apaixono facil.
mas to tentado ser mais dura =)

Real Time Analytics